sexta-feira

fábula

revolvo demônios por causa dessa mulher. porque sua voz risca a minha pele e rompe a carne, despertando medos muito antigos, trazidos na medula desde úteros.